O Singing Bowl, também conhecido como Himalaya Bowl, é um tipo de sino utilizado na meditação e nas práticas de yoga. Os bowls são utilizados na medicina oriental para cura física e mental e em todo o mundo para a meditação, música, relaxamento e bem-estar pessoal.

É uma espécie de sino com a boca voltada para cima, ao invés de ter a boca voltada para baixo como os tradicionais sinos ocidentais. As partes laterais vibram de uma forma especial produzindo um som com frequência fundamental (primeiro, segundo ou terceiro harmônico) a partir de toques e do deslizamento de um bastão que normalmente é feito de madeira. O som produzido é semelhante ao “Om”, o primeiro som do universo.
São feitos de bronze, ou seja, são ligas metálicas, resultante da mistura de cobre e estanho com outros metais. São tradicionalmente usadas na Ásia há pelo menos 3.300 anos, datando desde o início da idade do Bronze.

São também usadas por uma ampla gama de profissionais de saúde tais como psicoterapeutas, massagistas, terapeutas holísticos, profissionais da medicina oriental, terapeutas anti-estresse e especialistas em meditação. No oriente, são usadas em salas de aula para facilitar atividades em grupo e para auxiliar na concentração dos alunos. Na medicina chinesa são usados para tratar desde pessoas com estresse pós-traumático até pacientes com câncer.

Qualquer pessoa pode facilmente retirar os sons e as vibrações de um Singing Bowl para se se beneficiar dos surpreendentes e diversos efeitos positivos que são gerados pela harmonização sônica.

Como tocar:
1. Segure o bowl no canto na palma da mão esquerda. Para bowls menores, quinze centímetros ou menos, segurar nas pontas dos dedos.
2. Segure o bastão no meio do comprimento, com todos os dedos apontando para baixo e tocando na madeira.
3. Bata levemente o bastão na lateral do bowl para "aquecer" o sino.
4. Com uma pressão uniforme, no sentido horário esfregar o bastão em torno da borda exterior do bowl. Faça um movimento com todo o braço (não é um movimento apenas com o pulso) e é importante manter o bastão reto.
5. Lembre-se se aplicar pressão, pois é a fricção do bastão contra o bowl que gera as vibrações e o som.
6. Teste a velocidade até achar a frequência certa. Geralmente as pessoas movem rápido demais, é importante deixar o som ser construído gradualmente.